sábado, 15 de abril de 2017

Desejar alguém não significa ter esse alguém.





O nosso querer não assegura o ter.

Até aí não é nenhuma novidade.

Desejar alguém não significa ter esse alguém.

Confiar que vai dar certo é fundamental, mas entender que talvez a hora não seja agora é essencial.

A gente até toma a atitude mas parece que vida não toma rumo.

E isso pode significar bem mais do que parece ser.

Pode ser que você esteja se esforçando corretamente no momento errado.

É como se estivesse forçando a vida acontecer do jeito que quer.

E talvez, realmente, aquela pessoa não queira nada com você mesmo. Simples assim.

Talvez você esteja depositando uma esperança maior que si próprio.

E talvez a pessoa já tenha dado sinais que não quer mas você não percebeu.

Porque você sente saudade de gostar e pensou ser esse alguém a pessoa da vez.

Mas pensa mais um pouco: talvez não seja esse alguém quem merece receber tudo o que sente.

Talvez este alguém não esteja numa fase boa para isso. Acontece. E é para o seu bem.

Não é para se frustrar e pensar que nada vai dar certo.

É para tentar perceber a hora de parar. Pelo menos um pouco.

Parar e olhar para si para entender se teu esforço tem sido reconhecido.

Às vezes a pessoa só não quer mesmo. 

E você fica aí triste pensando que o problema é você. Às vezes nem é.

O problema, com certeza, é continuar tentando sem ver que não dá mais para tentar.

Que a pessoa não vai retribuir. Que você tenta sozinho.

O problema é não perceber a hora de parar.

Talvez seja agora, só com essa pessoa.

Mas o mundo tem tantas outras.

por Márcio Rodrigues.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...