domingo, 5 de março de 2017

Ando tão doida....


Bom dia Amigos...

Ando tão doida...

O passado anda me rondando...Vivi muito...

Fiz todas as loucuras possíveis e imaginárias....

Fiz sem culpa e sem medo...

Busquei minha felicidade de todas formas...

Busquei o amor....Não encontrei...

Encontrei pelo caminho paixões loucas...

E delas fiz meu aprendizado de como ser mulher...

Me fiz desejada... Talvez amada...

Hoje esse passado me ronda....

Sofro por isso?...Não....

É bom ser mulher e desejada... Até invejada...

Aprendi a sentir prazer apenas com as mãos quase se tocando... Energia pura...

Um dia no meio de um engarrafamento, alguém gritou: "Eu amo essa mulher..."

Rosas amarelas deixadas todos os dias na portaria do meu prédio...

Acreditem, alguém se deixou morrer por mim...Sofri...

Samambaias trazidas por alguém depois de um porre...Me desarmavam...Cuidei...

No meio de uma reunião social um alguém mostrou uma placa onde estava escrito: "Zita, eu te amo"

Zita sou eu...Também já fui Brisa...

Ipanema...Mãos dadas...Construções....Sonhos...

Te fiz homem...Lágrimas sempre rolaram na hora do prazer...

Sou louca?...Hoje não mais...

Valores mudam com o tempo....

Hoje tento ser a mãe que no passado não fui...

Mas precisava não ser naquele momento em que eu precisava viver...buscar...

Vivo sem culpas por ter vivido tanto em tão pouco tempo...

Hoje acordei com vontade de sentir saudade...

Neste exato momento uma lágrima de saudade caiu no meu teclado...

É hora de voltar...

maria tereza cichelli - zita - brisa

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Texto perfeito
    Viver sem culpa todo os momentos
    Maravilha recordar tudo isto
    Beijos Low

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...