quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Ou valoriza ou vaza.


Muitos não acreditam ou não entendem quando a gente realmente decide mudar e colocar algumas prioridades que tínhamos no final da fila, deixarmos de nos importar com algumas coisas e com algumas pessoas também, não atendermos o telefone no primeiro toque nem respondermos mensagem alguma no primeiro bip, e tudo isso pela falta de importância do outro, pelas vezes que ele nos deixou de lado por puro descaso ou capricho .

É, pra quem nos conhece, pra quem já sabe que somos do tipo que releva muitas coisas, pra quem já esta acostumado a nos ver correr atrás sempre é difícil mesmo acreditar que a gente muda, mas a verdade é que todo mundo cansa e que quando a alma grita ela também age por pura proteção.

Não existe este ou aquele que suporta ser desprezado, maltratado ou ignorado por muito tempo, tudo nessa vida tem limite e mesmo que a gente ame muito alguém, mesmo que aquela amizade seja bonita nada é duradouro se não for correspondido a altura.

Não digo que a gente não perdoe, porque a gente perdoa sim, mas o poder de fazer com que o outro seja diferente não temos, então a gente opta por ser diferente e fazer com que ele entenda que por mais chances que a gente dê, uma hora o coração emite a ordem de despejo e pede pra ser cuidado.

Ou valoriza ou vaza.

Não é um ato arrogante ou impulsivo e sim uma forma de demonstrarmos o quanto já ficamos disponíveis e pouco fomos percebidos.

Cecilia Sfalsin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...