domingo, 15 de janeiro de 2017

Não prive o mundo do amor que você é capaz de dar...


nasceu sem medos...

subia móveis, escadas, escalava muros nada de medos...

escuro, vilões...

bonecos estranhos. foi assim durante muito tempo....

cresceu sem medos, sem imaginar riscos...

dentes quebrados, joelhos esfolados, cicatrizes engraçadas.

Nada disso o assustava virou adulto, e continuava a sua rotina de aprendizado, de experiências....

crescia nas dificuldades, nas alegrias, nas dores e nos valores até que um dia um ferimento realmente o atingiu...

conseguiram criou-se uma cicatriz...

uma marca difícil de curar uma mancha algo se partiu um tanto se esvaiu um monte se perdeu de tanto perder nesse ferimento, um medo cresceu esse medo trouxe escuridão, que jamais havia o assustado trouxe medo de voar alto de imagens estranhas de palpitações...

prometeu que jamais permitiria que algo assim acontecesse de novo...

e com isso, privou a vida de seu amor...

como se isso fosse o remédio para seu machucado e de fato, era a solução mais prática mas sua parte brilhante era mais forte que a escuridão e ela, que havia se tornado um pingo de luz, recebeu a luz forte do Sol...e com essa luminosidade, uma mensagem...

não prive o mundo do amor que você é capaz de dar...

Conversas de janela...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...