terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Estou aqui.


Sabe, existem dentro da gente universos de sentimentos, crises, solidões, lacunas, e tanto mais que até me faltam os nomes...

Tem muita coisa se acotovelando dentro da gente...

Tentando arrumar espaço, tentando se organizar...

E tem horas, tem horas que isso tudo começa a ferver...

E dói, e explode em lágrimas...

E a gente quer colo, quer ao menos alguém que pare e nos deixe despejar um pouquinho daquele caldo torturante nos seus ouvidos...

E tem?

Tem que se preste à esse papel?

Olha, tem dia que a gente procura com uma lupa, por um coração misericordioso...

E acha?

Difícil viu?

Tem vezes que só nos resta engolir...

E por fim, adoecer.

É...somos todos culpados pelas dores alheias viu?

Não há um único inocente nessa história!

Ô gente...

Pois vamos mudar essa história tão feia...vamos mudar logo esse mundo!

Porque se o outro agora chora...

E ninguém se importa ao menos de perguntar o porquê...

Amanhã, pode ser eu, ou você. Pode ser qualquer um!

E dor não tem ordem viu?

Não tem essa de essa dor é maior, e aquela é só frescura...não!

Essa mania de catalogar tudo pode ser extremamente impiedosa!

Gera injustiça, indiferença, frieza...

Gera caos.

Nem todos estão no mesmo ponto da caminhada da existência, pára pra pensar!

O que pra você pode ser facilmente superável, pro outro é o inferno onde ele tem que penar todo dia...

Ei gente...

Menos insensibilidade...

Porque os altos e baixos da vida, perseguem e pegam a todos.

E nesses momentos, quando somos "caçados" pelos perrengues...

Vamos querer uma alma mansa que nos diga:

- Estou aqui.

Eu quero! 

Então, que minha boca se encha dessa frase:

Estou aqui.

Gi Stadnicki.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...