segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Amor se constrói aos poucos


Pode acontecer de você não estar tão afim assim de alguém que está super afim de você agora.

Pode acontecer.

Também pode acontecer de você estar super afim de alguém que não parece estar tão afim assim de você. Isso pode acontecer.

Mas esses dois momentos não são assim tão definitivos quanto parecem.

O que era para ser só mais um beijo na sua vida, mais uma distração, pode se tornar o único beijo que deseja ter pra sempre.

Você pode amanhecer querendo ficar ao lado daquela pessoa todos os dias.

Aquela pessoa pode amanhecer querendo ficar ao seu lado todos os dias.

É tudo sobre possibilidades e sobre o quanto a gente faz a nossa parte para viver o que queremos.

Esse seu rolo pode virar amor, só não dá para garantir, muito menos dizer quando.
Só que pode ser.

Você pode passar a prestar atenção em quem se esforça para te fazer bem, especialmente se lembrar de todo mundo que não mediu esforço para te fazer mal.

Não tenha pressa em amar alguém.

Não tenha pressa em se apaixonar.

Não exija também só ficar com alguém se sentir algo forte.

Não pense que o amor é uma escolha.

Não se cobre que toda boca que beijar seja um contrato de amor.

Pode acontecer ou não.

Tenha calma, amor se constrói.

Amor é regar uma plantinha de alegria para ver se floresce felicidade.

Amor e impaciência não combinam.

Construir amor é ver a pessoa um dia, ver de novo em outro e continuar vendo na semana e quando quiser enquanto te faz bem até perceber que deixou de só fazer bem para ser amor.

O mais irônico é que o amor é a única construção do mundo que não tem fim, mas que também ninguém espera que acabe.

É uma obra infinita que a gente aproveita todos os dias.

Amor pode ser furacão e te invadir inesperadamente, mas também se constrói aos poucos.

Se constrói ao retribuir a atenção de quem te dá, se constrói ao ser agradável com quem é com você, se constrói ao valorizar as coisas boas que alguém te fala, se constrói ao se dar chance para ter a sua vez de sentir o sabor da felicidade.

E, tudo isso, só porque são exatamente as mesmas coisas que você gostaria que fizessem com você.

Amor é você não perceber e só sentir que já construiu, é você se dar conta que ontem era um alguém tanto faz mas que hoje é um alguém fundamental.

Então, neste ano novo e para sempre em sua vida, lembre-se sempre que amor se constrói.

Lembre-se principalmente nos momentos em que se sentir sem ninguém, lembre-se nos momentos em que estiver com alguém que cuida um pouco de você.

Todo o amor que deseja viver depende do quanto você deixa ele existir em você.

E toda história é um terreno onde dá para construir amor, mas é necessário ter calma para colocar um tijolinho por dia.

Márcio Rodrigues.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...