segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Sobre dar atenção a quem não se importa com você


É que existe um negócio assim: por algum motivo, tem gente que não gosta quando tem alguém dando atenção, ou melhor, até gosta mas usa isso só a seu próprio favor.

Esse é o tipo de gente que usa da nossa atenção só para preencher um buraco na vida que ninguém consegue preencher.

Parece confuso? Vamos falar mais.

Normalmente, essa pessoa é aquela que deixa você falando sozinho no Whatsapp e só responde quando ela tem o interesse em algo.

Em geral, o diálogo recomeça com a desculpa de “nossa, eu nem vi, tá tudo tão corrido”.

Essa é uma pessoa que sabe muito bem o quanto você não gosta de brincar ao demonstrar que gosta, mas ela usa isso só para fazer bem ao ego dela.

Essa pessoa sabe bem que se rolasse um clima real a mais entre vocês, pelo menos da sua parte, rolaria uma historinha.

E, exatamente por saber disso, ela faz e acontece com a atenção que você dá a ela.

E aí ela some.

Vai viver outras coisas, conhecer outras pessoas e, depois de um tempo, reaparece como se fosse só mais um dia normal.

Essa pessoa é maquiavélica.

Em um domingo qualquer, ela pega o celular, resgata o histórico de conversa e pensa: “bom, vou dar um mole aqui só para eu me divertir”. 

Quanto mais atenção você dá, menos a pessoa se importa.

No fim, ela está realmente cagando para você e para o seu sentimento, a não ser que você diga alguma coisa bonita, algum elogio, consiga algum benefício – tipo um ingresso de show – ou alguma coisa que fará bem a ela, nesse caso, portanto, essa pessoa se interessa sim pelo que você sente.

Tempo e atenção são coisas cada vez mais raras e, exatamente por isso, é injusto que seja desperdiçado por quem faz tão pouco.

E como fazer para reverter isso?

Basicamente o mesmo que a pessoa faz quando não quer mais falar com você: sumir.

Sei que é meio péssimo usar da mesma moeda, mas tem vezes que é importante.

Deixar de estar presente na vida dela de todas as maneiras, na vida real e na virtual.

Deixar de dar audiência, deixar de estar a disposição, deixar de “conte sempre comigo”.

É horrível porque você acaba tendo que ser um pouco menos você, mas é necessário para que não seja feito de idiota e que sua atenção não seja só uma questão de estalar os dedos.

A gente precisa cuidar da gente, ninguém vai fazer o mesmo.

A gente precisa valorizar as nossas coisas boas e nossa atenção é uma das maiores, pois se trata de doar um tempo nosso para alguém, mas este alguém não pode pisar em cima disso.

Presta atenção se há reciprocidade, presta atenção se a pessoa só te procura quando tem alguma merda na vida dela, presta atenção se você não está sendo manipulação ao invés de encanto.

Só tenta prestar atenção.

Você não precisa deixar de ser quem é, só precisa ser quem é para quem merece.

Márcio Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...