quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Reveja-se!


Porque para renovar-se é preciso rever-se.

Investigar compartimentos do inconsciente onde guardamos os valores que, empoeirados, pensamos não usar, mas que nos usam.

Rever nossas sombras que clamam por luz e a lentidão que não é falta de pressa, mas peso.

Você pode parar e continuar seu caminho: parar também é percurso, mas você precisa entender, por um vislumbre de desejo que seja, para onde quer ir ou, apenas, para onde não quer mais voltar.

Seja, esteja e permaneça: se permanecer for mais temporário que ficar.

Reveja-se como quem vive um reencontro onde as gavetas são limpas e as comoções não são mágoas preservadas, mas emoções que se deixam levar.

Despeça-se afetivamente de tudo aquilo, ou a maior parte possível do que enfraquece suas escolhas de revolução.

Acolha o seu lado obscuro sem apego ou desdém.

Aceite o que tua fonte criativa pode fazer com este recurso.

Reveja-se!

Liberte-se dos entulhos que causam procrastinação.

Renove-se após identificar o que é obsoleto, o que te limita, o que te desacata o sossego do teu coração.

Marla de Queiroz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...