domingo, 23 de outubro de 2016

Se não for ofertar amor, faça silêncio.


Não são as dúvidas alheias que me moldam,

nem muito menos a aprovação para meus atos.

Desde que me entendo por gente,

sou livre e não permito que ninguém tranque minha janela.

Gosto de olhar a vida com olhos que abençoam,

não acumulo maldade no peito

e não deito em meu repouso sagrado com ódio no coração

- não, não mais - já passei dessa fase.

Cansei de morrer todos os dias.

Eu quero é desfrutar deste mundo

que foi feito para meu prazer.

Sou filho da graça e ninguém vai viver por mim,

então, se não for ofertar amor, faça silêncio.

( Vitor Ávila )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...