terça-feira, 18 de outubro de 2016

O motivo do meu sorriso


Ontem de tarde a tia do café me perguntou sobre você.

Hoje, logo pela manhã, o dono da academia quis saber o seu nome.

Não me pergunte como, mas as pessoas têm te notado no meu sorriso.

Dizem que eu não sou mais o mesmo. Ainda bem!

Os meus amigos querem saber por que não estou saindo mais.

A minha mãe disse que ando mais alegre.

O meu irmão fica rindo das músicas que canto no chuveiro.

No escritório, a rapaziada também tem perguntando o motivo do meu bom humor.

Até o pessoal do futebol e o motorista do Uber andaram dizendo que estou diferente.

Eu ainda não contei de nós dois pra ninguém, mas o brilho nos olhos eu não consigo disfarçar.

Eles ainda não sabem, mas, quando te conhecerem, vão entender tudo.

Você tem me feito um bem danado, sabia?

Do beijo de boa noite até a mensagem de bom dia.

Dos planos pras próximas férias até o restinho das nossas vidas.

Estou gostando dessa história de ir te conquistando aos pouquinhos.

Assim vou me controlando entre a minha vontade absurda de te mostrar o quanto te quero e o cuidado para não te assustar com a intensidade desse sentimento.

Dessa vez eu não posso errar.

Não posso te deixar escapar.

Eu sinto que aos poucos estou garantindo o meu espaço nesse seu coração arredio.

Eu sei das decepções que ele já enfrentou até aqui e, por isso, estou tentando chegar de mansinho.

Pode avisá-lo que agora chegou alguém que vai saber cuidar bem de vocês.

Estou aprendendo a decifrar o que você gosta e até já fiquei amigo da sua melhor amiga.

Eu juro que estou tentando fazer tudo direitinho.

O que eu quero é poder gritar pra quem quiser ouvir que é você a responsável por essa mágica aqui dentro.

Será que eu já posso contar pro mundo o motivo do meu sorriso?

Será que eu já posso assumir que agora os meus poemas têm dona? Deixa, vai!

A senhora da floricultura vai adorar conhecer os olhos que me fizeram acordá-la naquela madrugada.

A minha vizinha vai entender quando eu aumentar o som e o rádio tocar a música do Matheus e Kauan que a gente gosta.

A minha afilhada vai adorar ganhar uma madrinha.

A sua mão direita vai adorar ganhar um presentinho.

Ops! Acho que isso já é aquele tipo de pensamento intenso demais que pode te assustar.

Melhor parar essa mensagem por aqui.

Boa, noite! Dorme com Deus! A gente se fala amanhã!

E, se não for exigir demais, eu quero te fazer um último pedido.

Sonha comigo?

Rafael Magalhães

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...