quinta-feira, 6 de outubro de 2016

De que adianta esperar por ondas passadas?


O mundo dos relacionamentos é como uma praia em um dia de verão.

Na areia vejo casais sentados em suas toalhas.

Alguns sorriem, outros passam a impressão de que não queriam estar ali.

Certas pessoas tentam se esconder nas sombras dos coqueiros.

Uns por reclamar do Sol, outros dizendo que o mar está agitado demais.
Eu não acho.

Já faz algum tempo que estou aqui esperando a minha onda chegar.

Não que eu esteja reclamando da maré.

Veja bem, ondas têm aos montes.

Acontece que já aprendi a classificá-las à distância e quase sempre prefiro mergulhar e deixá-las passar.

Tem gente que se diverte brincado de surfar.

Ficam naquele vai e vem onde nunca se consegue chegar até o local certo para entrar nas melhores ondas e sempre saem antes de chegar na areia.

Eu não condeno. Já fiz muito isso, mas essa fase passou.

É por isso que não me aventuro mais em qualquer onda.

Sei o tempo que demora para remar até aqui e não posso correr o risco da onda certa passar e eu não estar preparado.
Não tenho pressa.

Quando você gosta de estar na prancha não precisa se jogar em qualquer onda.

Pra dizer a verdade, quem me preocupa são aquelas pessoas presas lá no raso.

Gente que apostou na onda errada e agora parece se afogar com a maré batendo nas canelas.

De que adianta esperar por ondas passadas?

É você quem tem que se levantar, subir na prancha e voltar a remar.

Olha, eu não vou mentir para você.

O mar é traiçoeiro, a maré muitas vezes engana, a água realmente é salgada e o tombo da prancha quase sempre machuca bastante.

Isso tudo você já deveria saber antes mesmo de entrar no mar.

Digo-lhes também que tem muita gente na praia doido para entrar na água e gente no mar que só pensa em chegar na areia.

Há ainda quem goste dessa vida de muitas ondas, caldo, insolação e tudo mais.

Cada um sabe o doce e o amargo da vida que leva.

Eu estou feliz aqui: protetor no rosto, calma na alma e olhar no horizonte.

Algo me diz que a minha onda está logo ali e quando ela chegar vamos juntos até na areia.

Preparem a água de coco e os óculos de Sol.

Estendam uma bela toalha estampada.

O camisa dez do time dos surfistas está perto de aposentar-se.

Rafael Magalhães

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...