terça-feira, 20 de setembro de 2016

Maneira de olhar a vida ...


Quando for olhar o teu jardim, olhe as rosas entreabertas, e nunca as pétalas caídas.

Observe em teu caminho a distância vencida, e nunca o que falta ainda.

Guarda no teu olhar os brilhos e alegrias de uma criança e nunca as névoas de tristezas dos acontecidos.

Retenha tão somente da tua voz as risadas e canções e nunca os teus gemidos de dores e sofrimentos.

Conserva em teus ouvidos as palavras de amor, e nunca as de ódio ou rancor.

Grava na tua pupila o nascer das auroras, e nunca os poentes do sol se indo.

Guarda as recordações da tua face pelas carícias recebidas, e nunca das bofetadas que levastes.

Guarda de tuas mãos as flores que recebestes, e nunca dos espinhos que te feriram.

Conserva de teus lábios as mensagens bondosas proferidas, e esquece as palavras que te feriram.

Olhe sempre o sol que existe a sua frente, e esquece a sombra que fica atrás.

Lembre-se que a flor que desabrocha é bem mais importante, do que mil pétalas caídas.

O mal que praticamos, sem dúvida, um dia irá embora, mas o bem que houvermos exercido, não só ficará para sempre, como tenderá sempre a se multiplicar. Lembre-se que é no fundo da noite sem luar, que brilham muito mais as estrelas.

Gotas De Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...