terça-feira, 27 de setembro de 2016

A hipocrisia nos chama, mas não devemos atendê-la


Vivemos tempos fartos de pessoas externalizando meditação, autocuidado, terapias alternativas e curas da alma.

Ninguém pode dar o que não tem.

Quando tem e é mirrado deve buscar a abundância, para então, com a autoridade de quem alinha discurso à teoria, poder buscar cuidar do outro, se é o propósito a que se destina ou pensa destinar-se.

Muitos pajés em má companhia.

Muita companhia jurando pajelança.

Muita campana em torno dos segredos da fortuna e do talento.

Pouca vocação e silêncios de medo.

O medo nem o diabo ambiciona.

Nenhum índio invocando a cura de si mesmo.

Árvores cortadas com seus feixes mais frondosos, sem a paciência da amizade com as raízes-do-afeto.

Não as dialogadas, mas as capazes de serem realizadas...


|Cláudia Dornelles|

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...