sexta-feira, 12 de agosto de 2016

È vida.


É sol. É lua. 
É estrela. 
É mar. 
É fogo. 
É ar. 
É conquista. 
É sensibilidade. 
É brilho no olhar. 
É paciência. 
É cumplicidade. 
É partilha. 
É união. 
É ternura. 
É solidez. 
É belo. 
É único. 
É verdadeiro.
É sentido. 
É abraço. 
É amasso. 
É entrega. 
É "prazeroso". 
É gostoso. 
É vida. 
Porém não é perfeito. 
Pois também ele: 
É saudade. 
É dor. 
É ciúme. 
É lágrima derramada. 
É ausência. 
É carência. 
É dependência. 
É luta.

Nem será preciso dizer do que falo, e muito teria para dizer.

Não é mesmo?

Peter Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...