quarta-feira, 20 de julho de 2016

Vá até lá e diga um Oi...


Você já parou para pensar sobre qual será a primeira palavra que dirá para o amor da sua vida?

O que você acha de um "Oi"?

Isso mesmo! Um “Oi” que pode assumir as variáveis: “Olá”, “E aí”, “Ei”, sempre acompanhadas do tradicional “tudo bem?”, uma boa pitada de autoconfiança e uma generosa dose de simpatia.

Se puder adicionar uma piada na hora certa também ajuda.

O que não dá é pra continuar chegando em casa pensando naquela garota que estava ao seu lado a tarde inteira e você nem sequer perguntou o nome.

Ou então passar o mês procurando o perfil do cara que você ficou encarando a festa toda, mas não falou com ele.

Chega! Raciocina comigo!

Você levantou do sofá, parou de ver o seu seriado favorito, tirou o pijama, tomou um banho, colocou seu vestido novo, abusou do perfume importado, subiu no salto alto e ficou quarenta minutos em frente ao espelho.

Tudo isso pra quê?

Não me diga que foi para curtir a música.

Você saiu de casa para conhecer alguém! Todo mundo sabe disso.

Então, por que quando o bonitão passa te encarando e a sua amiga manda você ir falar com ele, você não vai?

Você quer e não vai? Qual é o seu problema?

Sabe qual a diferença entre o rapaz que ficou olhando de longe e o cara que vai terminar a noite na cama da mulher mais cobiçada da balada?

Sabe o que tem de especial na sua amiga que é mais feia que você e fica com os rapazes mais interessantes?

Sabe porque sua prima vive conhecendo gente nova e você só tem os mesmos amigos desde os tempos da escola?

A explicação é uma só: INICIATIVA. O poder de fazer acontecer.

A habilidade de transformar intenção em ação, desejo em realização, oportunidades em acontecimentos.

Não digo que esse “Oi” seja infalível, mas é libertador e tem um grande poder de abrir portas.

Você já parou para pensar o quanto conhecer uma pessoa pode mudar a sua vida por completo?

Sempre muda!

Por isso, nunca me esqueço de algo que ouvi da garota mais incrível que tive a chance de conhecer na vida.

Foi há algum tempo atrás.

Ela chegou perto de mim no meio de uma festa, me puxou pelo braço, abriu um belo sorriso e disse algo incrível que fez toda a diferença.

Ela disse "Oi”.


Rafael Magalhães

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...