terça-feira, 24 de maio de 2016

Vai dar tudo certo


Confesso que demorei a entender este imenso oceano.

A maré cansa.

A instabilidade castiga.

Tudo está tranquilo quando, de repente, uma onda vem e leva alguém que até então você julgava ser imprescindível.

E, quando não leva, é ela quem decide partir.

Falo daquele amor que prometeu ser para sempre e simplesmente acabou.

Virou raiva. Virou mágoa.

Afogou-se e ninguém jogou a boia.

Falo daquela pessoa que você julgava ser sua amiga e lhe virou as costas.

Daquela outra que você pensou que ia ter por perto para sempre e se foi.

Não é desesperadora a ideia de que a pessoa que você ama pode acordar certo dia e não querer mais que você faça parte da vida dela?

Claro que é!

E é por isso que a grande maioria das pessoas sente medo de viver.

Por saberem que nada é eterno, preferem nem começar.

Por medo da maré, acabam se negando a aceitar o que as novas ondas lhes trazem.

Não querem conhecer alguém por medo de sofrer e acabam sofrendo por se sentirem sozinhas.

E já são tantas tempestades que não querem mais saber de velejar.

Elas preferem se sentar no porto e assistir a vida passar.

Mas, sabe de uma coisa?

Hoje eu precisava escrever pra você que tem tido medo de zarpar.

Escrevo pra te dizer que é esse ir e vir infinito que faz essa nossa aventura ser tão incrível.

Porque a mesma maré que te leva um amor, te traz um novo sonho.

A mesma onda que te presenteia com um sorriso, também deixará uma saudade.

Esse oceano é o que costumamos chamar de vida.

Não adianta pedir por ondas mais baixas, é o seu barco que precisa ser mais resistente.

Somos todos marinheiros de uma embarcação cujo leme não está em nossas mãos.

Nos dias calmos o mar nos traz paz, mas é nas noites de tormenta que ele mais nos ensina.

Força, marujo!

Já é hora de buscar novos horizontes.

Chegadas e partidas fazem parte da jornada.

Corações ao mar.

Coragem nas velas.

Lembranças no convés.

Nos dias sem vento, nós remaremos.

Nas maiores tempestades, nós seguiremos.

Nada pode deter uma mente determinada a vencer.

Acerte a bússola do seu coração na direção do seu maior desejo.

Não precisa ter medo.

O grande capitão de toda a frota está nos guiando lá de cima.

Vai dar tudo certo.

Rafael Magalhães

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...