terça-feira, 3 de maio de 2016

Não sou alegre nem sou triste: sou poeta.


Sei que canto. 
E a canção é tudo. 
Tem sangue eterno a asa ritmada. 
E um dia sei que estarei mudo: - mais nada. 



Cecília Meireles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...