domingo, 15 de maio de 2016

Eu creio em Deus e no amor..


Eu creio em Deus e no amor,

mas sou irritadiça e impaciente.

Não tenho tempo interno para mimimi.

Careço de recursos próprios para mera babaquice...

Facilmente, perco a vontade de permanecer

naquela relação de amizade

quando a sessão de asfixia

perturba a minha visão,

a minha respiração,

a minha irritação.

Há gente que se empodera do Outro,

sem qualquer permissão;

enquanto eu toco a vida buscando

me empoderar de mim,

inclusive com Seu Freud,

de quem não ouso desistir.

Eu peço ajuda.

Eu acendo uma chama.

Eu chamo.

Eu clamo.

Eu me entorto e me endireito,

nem sempre tão torta,

quase nunca direita, mas, eu sigo.

Gente rasa me incomoda,

se acomoda, se perde

e quer se achar na gente.

Com tantas questões que me tomam,

sou indiferente à tocha olímpica.

Lamento informar.

A chama que não pode apagar em mim sou eu.

Ah, vamos ser francos,

já que não somos santos,

nem mancos no pensar :

viver dá o maior trabalho!

E para realizá-lo gasto um tantão de mim, assim...

Cláudia Dornelles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...