domingo, 17 de janeiro de 2016

SORRIR


Não procuramos motivos para entender coisas que nos fazem mal.

Existem coisas que estão acima de qualquer entendimento.

A gente simplesmente tenta superar e se, um dia talvez, a explicação aparecer, a gente olha, ri e lembra de como foi engraçado o que passou.

Sorrir diante dos problemas é meio caminho para supera-los.

Basta uma boa gargalhada para qualquer decepção se tornar algo banal, bobo e o dia continuar caminhando.

Existem duas virtudes que o homem possui desde que nasceu.

Sorrir e Chorar.

Sorrir e Chorar são sentimentos nem sempre opostos que levam a pessoa de 0 a 100 em questão de segundos, em todos os sentidos.

Assimilamos o choro como algo ruim e o sorriso como algo bom.

Nem sempre é assim, mas a força do hábito nos leva a subestimar esses sentimentos.

Diante de qualquer problema.

Temos duas possibilidades, ou sorrir ou chorar.

Se sorrirmos, somos olhados como doidos, se choramos somos olhados como fracos ou ate mesmo covardes.

Nem sempre choramos quando estamos tristes ou sorrimos quando estamos alegres.

Muitas vezes estamos chateados ou tristes mas mesmo assim sorrimos.

É um sorriso externo, meio amarrado, mesmo que por dentro estejamos desmoronando, algumas situações nos forçam a sorrir.

Com o choro é mais ou menos o mesmo sentimento.

Nem sempre quando estamos tristes, nós choramos.

Em algumas vezes uma situação é tão engraçada que nos faz chorar de alegria.

Para o dia ser sempre alegre.

Que tal sorrirmos sempre?

Porque não transformar desilusões em piadas?

Tristezas em momentos contentes?

Sorrir é sempre uma dádiva e não podemos desperdiçar ele de um modo vulgar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...