sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Te conheço pouco, mas te quero muito


É oficial: estou assumidamente cafona.
Veja só: “Te conheço pouco, mas te quero muito” – que frase bonita para a novela das nove.
É que estou me vendo idiota e achando graça disso.
Já está me dando frio na barriga conversar com você – e um embrulho no estômago quando demora para me responder.

Que diabos, eu mal sei quem é você.
E mesmo sem querer já estou desenhando seus gostos na minha mente pelas coisas que posta.
Já percebi para onde gosta de sair, que música gosta de ouvir e que séries costuma assistir.
É estranho porque eu meio que me vejo fazendo tudo isso com você.
Entre tantos números aqui nas minhas redes sociais você já tem ocupado o primeiro deles.
E os sites também já entenderam.
Olha lá você no topo do chat.
É uma conspiração, só pode ser.

É estranho falar esse treco de “Te quero muito”, mas ora é tudo o que me vem à mente quando a gente conversa.
Te quero mais para te conhecer melhor.
Você me dá sede de vida.
Me dá vontade de mergulhar dentro de você com um caderninho e anotar tudo o que conheço.

Tem sido fácil gostar de você.
Outra coisa é dizer que já existe amor.
Isso é algo mais sério, né minha gente?
Não tenho pressa para assumir nada.
E por isso que não precisamos colocar um peso que não conseguimos suportar.
Está tudo bem como tudo está indo.
Mas é fácil gostar de você porque você tem uma energia deliciosamente boa.
Eu não levava fé nesse negócio de bater o santo, mas com a gente parece que é mais ou menos por aí. Começo a falar uma coisa e você termina sem avisar. Isso é tão louco.

Eu sei tão pouco de você, mas do sei eu não quero mais largar.
Ainda não conheço sua família direito, mas já deu para ver bem como te criaram bem.
Se alguém me perguntar se eu imagino onde tudo isso vai dar eu não saberei responder.
Mas será que preciso?
Isso tudo não pode só dar numa coisa gostosa para lembrar?

Os links que você me manda são os mesmos que eu guardo para te mandar.
Essa sincronia de pensamento assusta, mas também me deixa suspirar.
É meio estranho, mas também é gostoso desligar o despertador e já ter uma mensagem sua para me acordar.
Te conheço pouco, mas te quero muito.
Vai que a gente se transforma em tudo.

Márcio Rodrigues

Um comentário:

  1. Amiga Brisa
    Você me dá sede de vida.
    Me dá vontade de mergulhar dentro de você com um caderninho e anotar tudo o que conheço.
    Te amo irmã de fé!
    beijos
    LOW

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...