sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Doce mulher, eterna menina obrigado por ser essa heroína!


Doce mulher, eterna menina, sofre calada e não desanima.

Estando sofrendo, diante da dor sorri para todos e distribuí amor.

Mesmo apanhando e descriminada, vai ao trabalho de cara pintada.

Sendo humilhada e as vezes traída, consegue sorrir para a vida bandida.

Doce mulher, eterna menina, chora escondida as despedidas.

Cuida da casa, cuida dos filhos, faz tudo com amor, mulher de brilho.

Levanta cedo e se prepara, para mais um dia de jornada.

Arruma a roupa e maquiagem,

Arruma a roupa e maquiagem, vai trabalhar com toda coragem.

Chega em casa ao anoitecer, mesmo cansada cuida do filho do marido e ainda tem tempo de agradecer.

Doce mulher, eterna menina obrigado por ser essa heroína!


Sergio Fornasari

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...