domingo, 20 de setembro de 2015

Não desças do teu céu de solidão - o dia anda não amanheceu


Chama-se liberdade o bem que sentes,

Águia que pairas sobre as serranias;

Chamam-se tiranias

Os acenos que o mundo

Cá de baixo faz;

Não desças do teu céu de solidão,

Pomba da verdadeira paz,

Imagem de nenhuma servidão!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...