segunda-feira, 22 de maio de 2017

Poeta invisível.



Ele anda nas ruas com a intenção de que olhem para ele e sintam a sintonia que carrega em sua alma. 
Em seus olhos oceanos de esperança, apesar dos dias difíceis ele sempre acredita que tudo pode voltar a ter cor, o arco-íris vem após as tempestades.

Não é de muito falatório, mas, seu silêncio não é um vazio de palavras, pelo contrário, é um dicionário dentro de outro.

Ainda que a escuridão permeie seus dias, sua luz é vinda do mais íntimo do ser, ele descobriu que tem um céu que gosta de habitar em sua alma.

Ele não é tão sereno, tem dias que explode em emoção, sua face apesar de ser tranquila e nos lábios logo ter um brando sorriso, sua mente parece nunca parar, nem enquanto dorme.

Os segredos que carrega são mistérios e só quem tem sintonia os descobre. 
Ele não é notado assim todos os dias, muitos passam, ele distribui o melhor que há, mas, logo se vão, cada um aproveita o tempo de ser feliz como quer.

Uma das grandes decepções de sua vida é tentar transmitir afago e carinho aos necessitados e perceber que muitas vezes eles estão mortos, vivem sem muita empolgação pela vida e pouca fé.

O poeta invisível está o tempo todo por aí, muitas vezes se perde, ele gosta também do avesso.

Talvez o fundo do poço careça de resgate e ele adora desafios.

De uma fortaleza grande sabe que tudo dá certo, ele já tem a resposta para o espetáculo final e não tem pressa alguma em ser realmente apreciado, acredita que o tempo de espera é também óleo de engrenagem e fixa os sonhos no alto.

Ele é simples, cheio das quinhentas respostas para tudo, sincero e invisível, gosta de questionar e se adapta muito bem às turbulências, tem uma dosagem de paz infinita - ganhou do céu, é merecedor e sabe do seu precioso valor (peça chave).

( Vitor Ávila )

domingo, 21 de maio de 2017

Viver a partir da presença significa andar pela vida sem ter um mapa...


❝ Viver a partir da presença significa andar pela vida sem ter um mapa, seguindo somente os comandos do coração; significa ser guiado pelo Espírito Santo. 

A própria presença te leva. 

Estando presente não é possível fugir de si mesmo. 

Na verdade, você só se encontra e reconhece seus dons e talentos na presença, pois ela é a manifestação da espontaneidade. 

Através dela você se torna um canal puro da vontade divina.

Sri Prem Baba

Na alma todos somos um!!!


❝ Não existe uma digital igual à outra

e também há diferentes tons de pele, porém,

nunca encontrei diferença nenhuma entre uma alma e outra...

Na alma todos somos um!!!

Esta unicidade da alma se um dia for compreendida,

acabará com metade dos problemas da humanidade...

A outra metade se resolverá se um dia

as pessoas forem avaliadas pelo seu caráter,

independente de qualquer outra condição...❞

Alguém disse...

sábado, 20 de maio de 2017

Sou mulher de vestido bordado, de rasteira no pé...


Sou do poema, do verso, da rima. 

Sou também de renúncias, de esperanças e sonhos que nunca cessam. 

Sou de suportar, de me entregar e de me aceitar imperfeita, em fase. 

Sou de sorrisos, de abraços, de afetos. 

Sou mulher de vestido bordado, de rasteira no pé, de silêncios que tanto querem dizer e de palavras que pouco dizem.

Bibiana Benites

Existem coisas impossíveis de acontecer...


Vitor Ávila

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Reza a lenda que chiques são as mulheres que falam pouco.


Reza a lenda que chiques são as mulheres que falam pouco. 

As econômicas. 

Aquelas que apenas sorriem enquanto as outras, histéricas, falam todas ao mesmo tempo. 

Mulheres caladas, controladas, que nunca dizem algo inconveniente. 

Elas mantêm um ar enigmático.
 

Dão a entender que já passaram pela fase de palpitar sobre tudo. 

Disseram o que tinham para dizer no divã do analista e, agora, mais maduras, descobriram a arte de escutar. 


Martha Medeiros

A Lei da Vida é implacável e soberana


Ao contrário do que tentam me provar, 
eu continuo acreditando SIM 
nas tão batidas voltas que o mundo dá. 
Eu fico puta da vida com injustiça, 
com maldade, com gente ruim, 
mas tô aí, firme e forte, 
acreditando que lá na frente tudo vai se acertar. 
Eu, mais que ninguém, sei que isso é certo. 
Não adianta, com a mesma certeza que temos que o sol volta a brilhar, 
temos que acreditar que no final tudo se ajeita. 
Não tem bom no mundo que mude o que está escrito. 
Não tem jeitinho, conversinha fiada, pauzinho mexido. 
A Lei da Vida é implacável e soberana. 
Com ela ninguém pode; dela ninguém se desvia. 
Cabeças rolam, quem fez e não fez recebe seu troco corrigido. 
Acredito no bem e na vida. 
Acredito que sim.

Jackye Monteiro

domingo, 14 de maio de 2017

Bom Dia Mãe...Hoje é dia do nosso papo...



Faz um tempo que a gente não conversa por aqui, né?

Sei que você sabe tudo de mim, sempre soube...

Sempre te contei minhas loucuras...

Esse mundo é muito doido... Imagino você sendo mais uma internauta...

Ia ser divertido... Você era...Era?... Não mãe, você é uma pessoa feliz...

Imagino as gargalhadas que todos dão quando você brinca aí no céu...

Você dança o "vira vira" pra esse povo ver?... Ah mãe você é o máximo...

Sei que você não gosta quando fico reclamando e chamando você... A Paty também não gosta, briga comigo...

Ah... Mãe, tem dias que fica complicado você estar morando tão longe... Será mesmo que é longe?

Mãe, você deve estar orgulhosa do seu neto Claudio, eu também estou... Muito bom ver o crescimento profissional dele, né?

Mãe, já comecei a fazer as pantufinhas de tricô, não tenho mais suas pernas pra esquentar meus pés...

Sabe mãe... As coisas por aqui melhoraram...

Mas como você sabe, ainda tenho algumas coisas pra resolver...

Estou mais magra, sei que você gosta mais de me ver assim...

Tem dias que fico triste... Fico pensando nas Mães que sofrem tanto pelos seus filhos...

Uns dentro de uma penitenciaria, outros em clínicas pra dependentes químicos...Filhos hospitalizados... Mães guerreiras e sofredoras...

Você sabe que sempre oro por essas Mães, e que no dia de hoje, "Dia das Mães", minha homenagem é sempre pra essas Mães, muitas vezes esquecidas...

Mãe, já cansou de me escutar?... Falo muito né?

Lembro quando você dizia que era perigoso me deixar falar, você falava que eu ganhava todos com minhas palavras...Mas era verdade...

Sabe?... Minhas mãos estão envelhecidas, acabei de ver...

Mas minha cabeça está difícil de envelhecer... Ah...minha voz também não envelhece...(risos)...

Liguei o som pra conversar com você, é madrugada ainda...

Mãe, eu não gosto muito das mensagem que a gente "copia e cola" pra homenagear as Mães...

Prefiro minha loucura, de vir aqui conversar com você... Deus não se incomoda né?

Queria que você falasse pra todas as Mães que estão aí junto de você, que mando beijos pra elas e que, com toda certeza os filhos delas, assim como eu, sentimos saudades...

Está tocando uma música meio doida, daquelas que faz a gente rebolar na cadeira...ri muito agora...

Você tem encontrado com meu irmão?... Êta homem bonito... E meu pai?...

Como não tenho uma foto sua nos meus arquivos, procurei uma imagem bonita...

Você gostou?... Você sempre gostou das coisas que eu fazia...

Me achava inteligente e de bom gosto... Você sempre foi uma mãe "coruja"...

Como hoje é dia de festa, não vamos lembrar de nada ruim que passamos, mas não posso deixar de agradecer por tudo que você fez por mim e pelos meus filhos...

Talvez mais seus do que meus...

Você me entende né?

Mãe, vou parando por aqui nosso papo do "Dia das Mães"...

Meu presente pra você hoje vai ser uma música do nosso Portugal...

Que Deus esteja sempre ao seu lado...

Obrigada por, mesmo "morando" distante, você continua cuidando de mim e dos meus filhos...

Beijos Mãe....



maria tereza cichelli

sábado, 13 de maio de 2017

Evito a pobreza de alma, o jeito característico de quem só finge e não é.


Eu gosto de respeito. 

Gosto de gente que sabe ser decente com o outro. 

Quem vem com despeito pouco me importa. 


Lá fora o mundo é de todos e prefiro não me esbarrar com quem não me trata como mereço. 


Evito atrito, evito conflito. 


Evito o olhar que mede mas não vê minha capacidade de ser.. 

Evito a pobreza de alma, o jeito característico de quem só finge e não é.


O mundo está do avesso. 


Mesmo assim eu prevaleço como alguém que não desiste de ser feliz.

Aprendi a não esperar nada de ninguém. 


Aprendi a depender muito mais de mim.

Sil Guidorizzi
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...